Brilha “Meu” Sol

O dia de hoje nasceu belo e perfeito. Um céu azul irretocável com o sol brilhando desde cedo. Alguns até poderiam dizer: – Nem parece Joinville! E não deixa de ser verdade, mas hoje foi assim que Deus quis nos presentear, lembrando-nos que os temporais e as nuvens negras, sempre passam e que toda dificuldade guarda em sua essência um momento de reflexão e de fortalecimento. É assim que vejo o dia de hoje para nossa equipe, um dia de renovação e de superação. Um dia para deixar o passado em seu devido lugar e se reinventar.

Não me recordava como era esse sentimento que esta tumultuando meu pensamentos desde domingo a noite. Foi tão impactante ter parado para escrever como ocorreu que não estou sabendo lidar muito bem com isso, esse desejo, essa ansiedade por sentar na frente do computador e escrever, sem hora, sem lugar, sem tempo certo. Até eu fiquei assustada com o resultado desse momento de inspiração, não me recordo de ter algum outro texto tão grande publicado aqui, apesar de a maioria ser naturalmente bem extensa.

Baseada nesse momento, me recordo de quando reli o texto ontem, o que me inspirou a ler comentários antigos (fucei em épocas em que ainda recebia comentários) e isso me deixou sensível, relembrando histórias, revivendo-as em minha mente que tudo a minha volta hoje parece não estar funcionando. Eu notei o quanto gostaria de ser tão empenhada quanto era, ter essa incrível percepção das pessoas em torno da forma como me comunicava e expressava meu amor, mas principalmente o quanto já amei o basquete nessa vida.

Depois de ler algumas coisas comecei a entender porque estava bloqueada e até incomodada com a falta de interesse das pessoas, a culpa é só minha, eu devia ser luz, devia guiar, encantar, aquecer, abraçar e escolhi me esconder nas sombras com medo de ser incompreendida, com medo de não ser importante, com medo de ninguém dar a menor atenção para o que estava fazendo, quando na verdade quem é luz não se importa, simplesmente se faz presente, simplesmente está ali, para quando alguém precisar.

E quanto ao meu amor, eu não deixei de amar, apenas entendi que meu amor, assim como eu amadureceu, tornou-se mais contido e com isso também tive que me adaptar minha forma de expressão. Eu li muita coisa e ainda tenho muito para ler, é inspirador, revigorante e de alguma maneira cumpriu o seu verdadeira papel, de ser fonte de energia, de alento, de magia inclusive para mim e para minha vida, não apenas para os garotos e foi nessas palavras reencontrei o verdadeiro sentido do basquete e da equipe na minha vida, sentido esse que andava esquecido e que talvez por isso não me fizesse agir da forma como deveria: o Basquete é o meu Sol.

Sou luz porque reflito a luz de vocês, que brilha e ilumina meu caminho e de todos que se espelham em vocês, que me da energia e me lembra do por quê tudo isso é tão importante. Sou luz não por mim, mas porque tenho vocês em minha vida para me lembrar das coisas incríveis que posso fazer e desta maneira, acabo espalhando energia, alegria, estimulo e verdade para o mais longe que consigo.

Então, nesse lindo dia, dia de jogo, desejo que você inspirem-se no Sol e brilhem, porque tenho certeza que assim como vocês me inspiram e iluminam minha vida, também o fazem para suas famílias, seus amigos e para a comunidade. Vocês são iluminados, abençoados e fortes, assim como o Sol que não se abate com qualquer tempestade, nem se resigna diante da noite, ele dorme e desperta sempre mais forte e mais majestoso e é assim que eu enxergo vocês, cada dia mais fortes, cada dia mais firmes, mesmo com nuvens encobrindo vocês, nada pode esconder por muito tempo o que Deus fez para brilhar.

Um excelente jogo e nos vemos logo mais!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *