Minas 72 x 75 Joinville

O primeiro quarto foi marcado por um placar baixo. Os mandantes abriram o placar, mas nos primeiros minutos não deixamos que deslanchassem. A vantagem girava sempre em 2 pontos, porém com o adversário sempre a frente. Na metade do quarto, paramos de converter arremessos, Minas aproveitou o momento e abrir vantagem de 8 pontos. Faltando 42 segundos nossa equipe converteu duas bolas de 2 seguidas, diminuindo um pouco a vantagem, fechando o  quarto em 16 x 10 para o time da casa.
Voltamos para o quarto seguinte fomos mais ofensivos e começamos a construir nossa recuperação. Aos 7:15 o marcador apontava 20 x 15, para o time da casa, 2 minutos depois baixou para 4 pontos. Foi então que André sofreu falta e converteu os dois lances, nos colocando a apenas um ponto do adversário. O oponente lutou para se manter a frente, abrindo novamente pequena vantagem,  mas essa reação durou pouco, pois no caminho deles estava Durval que recuperou a bola com pouco mais de 1:30, passando para Kojo marcar. O placar agora era de 29 x 28. Depois veio Bishop e sua cesta de 3 colocando o Joinville na frente pela primeira vez. Na sequência de novo ele, agora recuperando a bola e passando para André marcar de 2. 29 x 33 restando 17 segundos para o término do quarto. O Minas ainda descontou com dois lances livres, mas Kojo foi lá e ampliou a vantagem. Placar parcial 31 x 35 vencemos o quarto. A defesa teve participação fundamental na virada, restringindo o adversário a apenas 15 pontos no período.
Voltamos ainda mais determinados e no início do 3º quarto abrindo logo  4 pontos com Bishop e Audrei, elevando a vantagem para 8 pontos. Mas a tranqüilidade durou pouco  Minas encostou diminuindo para 3, quando Luiz Felipe recuperou a bola e marcou de 3. Mantendo 6 pontos de frente. Aos 3:25 o placar era de 41 x 47 para nossa equipe. Com um arremesso e lance de bonificação Bishop ampliou para 9 pontos de frente. Nos minutos finais, Minas se recuperou e diminuiu a vantagem para 4 pontos. Final do período 50 x 54.
O quarto decisivo começou nervoso, logo de início falta com lance livre contra a nossa equipe permitindo ao oponente encostar. Dali seguiu uma sequencia de erros para ambos os lados. Aos 6:37 o placar marcava 55 x 62, com duas cestas de Audrei.  Com menos de 5 minutos Minas encostou de vez, derrubando para um ponto e em seguida virou. Dali para frente o jogo foi de ponto a ponto. Atrás 2 pontos faltando 55s Bishop foi para o arremesso, errou  mas converteu no tapinha deixando tudo igual. Faltavam 43 segundos e no marcado 70 a 70. Com a posse de bola o adversário deixou mais 2 pontos, na mesma moeda devolvemos com Bishop igualando novamente. Faltavam 14 segundos. Minas desperdiçou o ataque e a bola foi para as mãos de Kojo e depois Luiz Felipe que fez o passe decisivo para Bishop marcar de 3 e consolidar nossa primeira vitória de casa com o placar de 72 x 75. A primeira de muitas vitórias, tenho certeza.
Destaque para Shilton com 75% nos arremessos de 2 pontos  e 5 rebotes, Kojo com 8 rebotes e 3 assistências, Audrei, segundo maior pontuador da equipe na partida com 17 pontos e ainda 6 rebotes e lógico, não dá para não falar do nome do jogo, Bishop que foi imprescindível nos momentos decisivos, terminando a partida como cestinha com 22 pontos, sendo parte deles dos 80% de aproveitamento nos arremessos de 3 pontos e ainda, foi o segundo homem mais eficiente da partida, com 20 pontos.
A toda a equipe e CT externo minha alegria, satisfação e orgulho por essa vitória do trabalho, da perseverança e da luta de um grupo que nunca desisti e que sempre esta buscando evoluir. Essa vitória é fruto do trabalho de todos esses meses que mais cedo o mais tarde precisava ser colhido e vocês o estão fazendo lindamente. Resultado mais do que merecido, porque Joinville é time de Guerreiros: sempre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *